IDE e IDPE

O IDE, Investimento Directo Estrangeiro, reflecte a importância do investimento estrangeiro na nossa economia. O IDPE, Investimento Directo Português no Exterior, inversamente, mede o peso do investimento português realizado no exterior;
- em ambos os casos o investimento bruto menos o desinvestimento é igual ao investimento líquido;
- estes fluxos podem verificar-se entre países da União Europeia (intra UE) ou com países terceiros (extra UE).

1. Consultando dados da Posição (stock) de Investimento Direto de Portugal com o Exterior 1996-2014), (*) refere:
a) A importância crescente do IDE de 2000 a 2014;
b) Os sete principais países de origem do IDE;
c) Os sete principais países de destino do IDPE;

2. Refere dois aspectos que o Guia Investir em Portugal apresente para convencer os investidores estrangeiros a optar pelo nosso país.

3. Tendo em consideração o nível de desemprego que verifica na Europa, comente a influência deste factor na captação do IDE.

(*) O link está desactualizado. O objectivo é dar oportunidade aos alunos de pesquisar na Internet, tentando responder o melhor possível às questões colocadas. Indique as fontes utilizadas.

Sem comentários: