sábado, 31 de outubro de 2009

Crescimento e Desenvolvimento económico num mundo interdependente

Distinguimos ao países quando ao seu nível de desenvolvimento em diversas categorias (por exemplo, desenvolvidos, em vias de desenvolvimento e subdesenvolvidos) porque precisamos de agrupar os países que apresentem características relativamente homogéneas e de separar os que apresentem características relativamente distintas.

Estas categorias são criadas para satisfazer as nossas necessidades explicativas do (sub)desenvolvimento, porque o Mundo é uno e caracterizado pela interdependência, como a imagem abaixo enfatiza.



Utilizamos a expressão crescimento económico para nos referirmos à taxa de crescimento percentual (1) do Produto Interno Bruto (PIB) ou do Produto Nacional Bruto (PNB). Esta análise é puramente quantitativa e profundamente simplista.

NOTA (1): É a mesma fórmula que utilizaste para calcular o crescimento dos preços (inflação) a partir do índice de preços. Recordar?

O desenvolvimento económico, por sua vez assume as múltiplas dimensões da vida humana, sendo um fenómeno qualitativo impossível de quantificar. Geralmente centramos a nossa atenção sobre a estrutura da repartição do rendimento, inferindo a partir daí sobre a qualidade de vida das pessoas e do sistema em geral.

Alternativamente podemos procurar conhecer os múltiplos aspectos do desenvolvimento utilizando uma grande diversidade de indicadores do (sub)desenvolvimento. Estes costumam classificar-se em três categorias:

  • Económicos
    • PIB per capita
    • Repartição sectorial da População Activa
    • Estrutura do Produto
    • Consumo de energia/aço/(...)/habitantes
    • Indicadores do Comércio Externo
  • Demográficos
    • Taxa de Natalidade
    • Taxa de Mortalidade
    • Taxa de Mortalidade Infantil
    • Esperança Média de Vida à Nascença
    • Taxa de fecundidade
    • Taxa de Emigração
  • Socio-Culturais
    • Taxa de Analfabetismo
    • Nº Alunos/Professor
    • Nº de anos de escolaridade obrigatória
    • Nº Habitantes/Médico
    • Nº Habitantes/cama de Hospital
    • Nº jornais diários/1.000 habitantes
    • Nº TV/1.000 habitantes
    • Nº automóveis/1.000 habitantes
    • Proteínas/habitante


NOTA: Uma nota técnica do PNUD com indicadores e respectivas definições encontra-se aqui. Também o INE publica os Indicadores de Desenvolvimento Sustentável.

Relatório do Desenvolvimento Humano, PNUD

Os indicadores dizem-se simples quando reflectem apenas uma dimensão particular do desenvolvimento, como é o caso de qualquer um dos indicadores acima indicados.

Os indicadores dizem-se compostos quando combinam diversas dimensões do desenvolvimento, como o IDH - Índice de Desenvolvimento Humano, o IDHAD - Índice de Desenvolvimento Humano Ajustado à Desigualdade, o IDG - Índice de Desenvolvimento Ajustado ao Género, e IPM - Índice de Pobreza Multidimensional.


Existem múltiplos conceitos de desenvolvimento, mas são geralmente sempre enfatizados os mesmos aspectos: Progresso social, Economia, Eficiência, Equidade, Participação e liberdade, Sustentabilidade, e Segurança humana.

1. Apresente uma noção de interdependência.

2. Distinga crescimento de desenvolvimento.



3. Refira as seguintes ideias chave do conceito de desenvolvimento:
- Progresso social;
- Economia;
- Eficiência;
- Equidade;
- Participação e liberdade;
- Sustentabilidade; e
- Segurança humana.

5. Identifica alguns dos aspectos presentes no conceito de desenvolvimento do PNUD. * Português


6. Defina os diversos indicadores do (sub) desenvolvimento acima referidos. Refira a relação entre os indicadores e o desenvolvimento dos países.
NOTAS: 1 - Consulte o Glossário do ALEA; 2 - Para pensar na relação com o desenvolvimento dos países pode utilizar o Public Data Explorer.

7. Refira as dimensões e os respectivos indicadores considerados na definição dos seguintes indicadores compostos:
NOTA: Veja O que é o IDH
a) IDH;
b) IDHAD;
c) IDG;
d) IPM.

8. Verifique que de acordo com o relatório do PNUD de 2013 (ver vídeo) , o Sul se está a aproximar do Norte.

Sem comentários: