Equilíbrio entre Recursos e Empregos numa economia

Os fluxos monetários podem representar-se num circuito económico (esquema gráfico), mas se forem numerosos torna-se difícil perceber a situação líquida de cada agente económico. Para este efeito é preferível representar os fluxos num sistema de contas (conjunto de tês).

Na conta de cada agente de um lado registam-se os Empregos, do outro os Recursos em fluxos monetários.

Alternativamente pode pensar-se em:
  • Empregos como COMPRAS ou SAÍDAS MONETÁRIAS ou DÉBITOS;
  • Recursos como VENDAS ou ENTRADAS MONETÁRIAS ou CRÉDITOS.


Um agente económico diz-se em equilíbrio se o total de Empregos for igual ao total de Recursos. Se o volume de Empregos for superior ao de Recursos o agente económico tem necessidade de financiamento. Se o volume de Empregos for inferior ao de Recursos o agente económico tem capacidade de financiamento.

Sem comentários: