O consumo como acto económico e acto social

A procura é muitas vezes apresentada como elemento determinante da produção, do emprego e do rendimento, observando-se o consumo meramente como acto económico:



A lógica do Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF) - 2011-2014 - apresentava a confiança nos mercados como elemento central da estratégia:

Este foi o consenso que emergiu na comunicação social: a austeridade era uma estratégia que visava restaurar a confiança dos mercados; mas a ênfase na consolidação orçamental foi exagerada, levando as economias para uma recessão prolongada; em suma, a estratégia da austeridade falhou.

O consumo é um acto social com consequências em diversas dimensões:

- Económicas: A redução do consumo, provocada deliberadamente pelos aumentos de impostos e cortes salariais, faz crescer a economia paralela e reduz as receitas fiscais, agravando o défice orçamental

- Sociais: Grande parte das deslocações aos centros comerciais não tem qualquer justificação económica, destinando-se antes ao lazer e ao reencontro com os amigos

- Políticas: As políticas de austeridade têm prosseguido “Uma gigantesca redistribuição do rendimento lesa trabalhadores, pensionistas e grupos desfavorecidos”, EUGÉNIO ROSA.

- Ambientais: A política de austeridade terá tido um impacto positivo sobre o Ambiente, não programado (diz-se externalidade). Como os combustíveis estão muito caros, reduziu-se a circulação automóvel e as emissões de dióxido de carbono

  • Consumo ético” significa um consumo consciente, em que a decisão de compra de um produto ou serviço assenta não só em critérios de qualidade e preço,mas também nas condições humanas e ambientais em que foram produzidos e comercializados, assim como nas consequências humanas e ambientais dessa compra.
    CONSUMO PÚBLICO, CONSUMO ÉTICO
Os diversos tipos de consumo, distinguem-se habitualmente quanto:

- às necessidades satisfeitas: Essencial / Supérfluo

- ao agente que consome: Privado / Público

- ao beneficiário do consumo: Individual / Colectivo

- à finalidade do consumo: Final / Intermédio

1. Apresente argumentos que legitimem a austeridade, referindo o consumo como acto económico.

2. Apresente argumentos que retirem legitimidade à política de austeridade, referindo o consumo como acto económico.

3. Problematize a racionalidade económica do consumo ético.

4. Refira e justifique exemplos de consumo:
- Essencial;
- Privado;
- Individual; e
- Final.


Tópicos

Sem comentários: